sábado, 14 de outubro de 2017

O poder de encorajar o seu cônjuge


O incentivo deve ser uma parte regularmente praticada de um casamento saudável - palavra-chave: praticada . O bom incentivo é julgado e a freqüência. Como marido ou esposa, é importante descobrir o que fala mais alto e torná-lo uma parte regular do seu casamento.

Para preencher com coragem

Incentivar o seu esposo literalmente coloca coragem neles, como "confiar" significa confiar em alguém. Um bom incentivo fará com que o destinatário seja preenchido com coragem - imagine isso!
A explicação é simples, mas eu adoro isso.

Descubra a melhor maneira de incentivar o seu cônjuge

Para melhor encorajar o seu cônjuge, é importante saber o que mais fala com eles. Jovens casais rapidamente percebem que o que se pode pensar é que a exibição mais épica do seu amor não pode se conectar tão vividamente com seu marido / esposa.
Você pode estar familiarizado com o livro "The 5 Love Languages" de Gary Chapman. Ele aborda como mostrar amor para sua esposa e se instala em cinco maneiras:
  1. Palavras de afirmação
  2. Atos de serviço
  3. Recebendo presentes
  4. Tempo de qualidade
  5. Toque físico
As línguas de amor englobam muito mais do que o encorajamento, mas saber o que as linguagens de amor de cada um são aumentará sua capacidade de encorajar profundamente o seu cônjuge.

Maridos, incentive suas esposas

Obtenha um plano de jogo juntos e execute! Tire 10 minutos do seu dia e pergunte a si mesmo como pode encorajá-la. Cada dia será algo único. Talvez seja uma mensagem de texto simples, ou flores, ou uma data de surpresa. Talvez ela só precisa de você para chamá-la do nada e expressar algumas razões pelas quais você a ama e acredita nela.
O objetivo é que você pode fazê-lo desde que você seja prioritário. Então, estabeleça um lembrete diário para "incentivar a sua esposa ", e faça acontecer!
Chame ela e apenas lembrar a ela como estou orgulhosa de ser seu marido. Bônus: esse exercício realmente tem um efeito alternativo: Você vai lembrando o quão incrível ela é e se sentira ótimo!

Esposas, incentivem seus maridos

Senhoras, você tem mais poder do que você sabe. Eu gosto de chamar-lhe o efeito " cavaleiro e donzela ". Como cavaleiros, eles gostam de entrar em batalha e derrubar dragões. O único melhor que o matança de dragões está chegando em casa a nossas donzelas, fazendo um arco cavalheiresco e ouvindo suas palavras carinhosas de adoração. Não importa o quão duro ele se sinta ou quantas coisas ele vai vencer, ela sempre pode o colocar de joelhos - ele faria qualquer coisa por ela.  
Como esposas, você pode incentivar ou desencorajar com palavras e tons como nenhuma outra pessoa na vida do seu marido. Uma linha de encorajamento proposital e bem colocada pode suavizar o coração do seu marido e aliviar sua dor. Você pode preenchê-lo com força e energia, desde que você custe seu amor com amor!

sábado, 23 de setembro de 2017

QUANTO MAIOR SEU DESÍGNIO, MAIOR SUA GUERRA


Quanto maior sua guerra, maior sua recompensa.
Seu potencial determina o valor da oposição demoníaca contra
você.
Parece que tanto as recompensas quanto as penalidades são
medidas por nós. E o servo que soube a vontade do seu senhor e não
se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com
muitos açoites. Mas o que a não soube e fez coisas dignas de açoites
com poucos açoites será castigado. E a qualquer que muito for dado,
muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe
pedirá (Lucas 12.47,48).

O apóstolo Paulo fez uma observação fascinante: A obra de cada
um se manifestará; na verdade, o Dia a declarará, porque pelo fogo será
descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra
que alguém edificou nessa parte permanecer, esse receberá galardão. Se
a obra de alguém se queimar, sofrerá detrimento; mas o tal será salvo,
todavia como pelo fogo (l Coríntios 3.13-15).

Quando digo que um desígnio é maior do que outro, refiro-me à
influência desse desígnio, não à sua importância, pois todo desígnio
é importante.
O nascimento de Moisés foi o de um campeão. Ele foi um liber-
tador. Sua influência foi mais difundida do que a de qualquer outro
hebreu, e, por essa razão, a guerra cresceu. De fato, havia a decisão
de matar os filhos dos hebreus. E o rei do Egito falou às parteiras das
hebréias (das quais o nome de uma era Sifrá, e o nome da outra, Pua) e
disse: Quando ajudardes no parto as hebréias e as virdes sobre os assentos, se for filho, matai-o; mas, se for filha, então, viva (Êxodo 1.15,16).

 Quanto maior seu desígnio, maior sua guerra.
Aconteceu na vida de Jesus. Então, Herodes, vendo que tinha
sido iludido pelos magos, irritou-se muito e mandou matar todos os
meninos que havia em Belém e em todos os seus contornos, de dois
anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos
magos (Mateus 2.16). Tal fato ocorreu por causa da influência
do desígnio. Isso explica um traço comum nos ministérios de cura. Quase todos os ministros atuantes nessa área que eu conheci experimen-
taram doenças severas e incuráveis na infância. 

O desígnio deles acerca da cura atraiu o inimigo relacionado às enfermidades no começo de suas vidas.
Isso também explica o que sucede aos que descobriram os
ensinamentos de prosperidade.  Ministros que desvendaram o curso
da prosperidade dentro do Corpo de Cristo compartilham sobre
ataques implacáveis de Satanás contra suas finanças. Alguns
nasceram pobres. Sua dor sempre será seu passaporte para a próxima fase. Você tem filhos? Leia atentamente: quando um deles parece
atrair mais atenção demoníaca do que os demais, isso é um sinal
para você sobre o potencial de influência dessa criança. Satanás,
possivelmente, discerne o futuro dela, observando suas qualidades.
Mas eu não entendo como isso acontece.

A guerra ao redor da sua vida indica a qualidade da próxima fase
em que você está prestes a entrar.
Sempre tenho sido alertado pelo Espírito Santo quanto a criticar
os outros. E possível que você e eu pudéssemos tolerar por apenas
uma hora o que outras pessoas suportam a vida inteira. Em algum
lugar, li um provérbio indígena: "Você não tem o direito de criticar
um índio até que tenha andado, no mínimo, um quilómetro em
seus mocassins". Pense nisso.

Recompensas estão chegando. Pode contar com isso. 
Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; porventura, diria e eu não o faria? Ou falaria e não o confirmaria? (Números 23.19).

A promessa é clara. Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o
negarmos, também ele nos negará (2 Timóteo 2.12). E, se nós somos
filhos, somos, logo, herdeiros também, herdeiros de Deus e co-herdeiros
de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele
sejamos glorificados (Romanos 8.17).

As recompensas valem o preço. Porque para mim tenho por certo
que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória
que em nós há de ser revelada (Romanos 8.18).
Seja forte.
Lembre-se: quanto maior seu desígnio, maior sua guerra.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Conversa De Aniversario

  
Faltando 23 dias para meu Aniversario... estava aqui meditando  ...
Todo nascimento é uma celebração.. fomos feito com perfeição pelas mãos de Deus com um plano incrivelmente maravilhoso e infalivel... Devemos SIM celebrar cada vitoria alcançada .. cada milagre, cada favor divino... 
Não importa se você não for celebrado por muitos ou se não lembrarem ou se você não tem o habito de comemorar seu nascimento... mude isso... SEJA VOCÊ a festa! SE presenteie... SE comemore... SE honre... celebre seu dia especial!!! Pense nisso....

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Mensagem aos casais...

Casais
Aprendam a respeitar-se ...
Por que falar palavras e ter atitudes que podem prejudicar o bem mais precioso que Deus lhe deu?
A Bíblia diz, que devemos usar apenas palavras que constroem; Se você construir um ao outro todos os dias, não haverá nenhum dano ou perda ou lesão ou traição ... nem em mente.
Saiba o que funciona um para o outro, e para o amor de ambos, você saberá o quanto isso é importante.
A convivência com respeito e amor é fundamental para uma boa coexistência entre os dois.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Descoberto pastor que estava a bordo do Titanic, e o que ele fez até o naufrágio vai te arrepiar

 Resultado de imagem para pastor do titanic


Homens de Deus estão em todos os lugares. Um desses homens foi o pastor John Harper, que morreu entre as vítimas do naufrágio do Titanic, em abril de 1912, que afundou depois de atingir um iceberg no Oceano Atlântico.

Harper nasceu em um lar cristão na Escócia, em 1872, e começou a pregar o Evangelho aos 18 anos. Em 1897, se tornou pastor da Igreja Batista Road Paisley, na cidade de Glasgow, e viu a igreja crescer de 25 membros para mais de 500 fiéis.
Na época do desastre do Titanic, Harper tinha 39 anos, era viúvo e estava com a filha de seis anos, Annie Jessie, e sua irmã, Jessie W. Leitch. Juntos, eles estavam viajando rumo a Chicago, em Illinois, nos Estados Unidos, para pregar por várias semanas na Igreja Moody.
Sua filha e sua irmã foram colocadas em um bote salva-vidas e sobreviveram, mas Harper ficou para trás com o objetivo de cumprir sua última missão: perder sua vida para salvar outras.
Em certo momento, o pastor decidiu entregar seu próprio colete salva-vidas para outro passageiro e continuou pregando o Evangelho de Cristo até o fim, conforme relataram os sobreviventes. 
No livro “The Titanic’s Last Hero” (“O Último Herói do Titanic”), publicado em 2012 por Moody Adams, foi registrado o testemunho do último homem evangelizado pelo pastor.
“Nos cinquenta minutos finais, George Henry Cavell, que estava apoiado numa prancha, se aproximou de John Harper. Harper, que estava se debatendo na água, gritou: ‘Você é salvo?’ Ele respondeu: ‘Não’. Harper gritou as palavras da Bíblia: ‘Creia no Senhor Jesus Cristo e será salvo’. Antes de responder, o homem foi puxado para dentro do mar.
Minutos mais tarde, a corrente trouxe George de volta e eles ficaram à vista um do outro. Mais uma vez, Harper gritou: “Você é salvo?” Novamente, ele respondeu: “Não”. Harper repetiu as palavras de Atos 16:31: “Creia no Senhor Jesus Cristo e você será salvo”.
Cansado e sem forças, Harper escorregou no mar e morreu afogado. O homem que ele evangelizou depositou sua fé em Jesus Cristo e, mais tarde, foi resgatado pelos botes salva-vidas. Na província de Ontário, no Canadá, George Henry testemunhou que foi o último convertido de John Harper.
O pastor Harper selou em sua morte o que ele tinha vivido ao longo de sua vida: a paixão pelo Evangelho e a preocupação com almas perdidas. Segundo seu irmão, o pastor George Harper, John levou multidões ao Senhor durante sua vida e mostrou a força do Evangelho para o mundo.
Fonte: guiame.com.br

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Sim, eu tenho um amigo mais chegado que um irmão!.


 Você pode ter cinco mil amigos no Facebook, vários contatos no seu celular, inúmeras conversas no WhatsApp, mas amigo, amigo mesmo, a gente conta nos dedos. 
No meu caso, eu os conto e ainda sobram dedos.
Tem amigo de tudo quanto é jeito; de infância, amigo do colégio, da faculdade, mas hoje eu quero falar sobre aquele amigo que mais se assemelha a um irmão. Aquela amizade que a gente sabe ser verdadeira.
Esse texto é para você, amigo(a), que sempre esteve ao meu lado quando eu mais precisei; que me viu chorar e também sorrir. Para você, que vibra com cada conquista minha e que torce por mim como ninguém. Ah, como é raro alguém que desfrute da felicidade com a gente, sem sentir inveja ou coisa do tipo; como é nobre se alegrar com a felicidade do outro e desejar que tudo ocorra sempre bem na vida desse alguém.
Este texto é para você, meu amigo(a), que não desistiu de mim quando eu mesma já havia desistido muitas vezes; que acreditou em mim quando eu não conseguia mais acreditar e que me abraçou quando eu me sentia só. Quantas histórias, quantos risos, quantos momentos tristes e nós acreditávamos que a tempestade não passaria nunca. Fomos abrigo um do outro, fomos amparo, fomos amigos.
Esse texto é para você, meu amigo(a), que guardou os meus segredos como se fossem seus, que olhou para as minhas dores e que não me julgou pelas minhas histórias malucas. Você, que ri do meu riso e que sempre faz questão de estar ao meu lado. Você é aquele amigo(a) que a gente, sem querer, já vai chamando de irmão(ã), como quem quer dizer o quanto é grato a Deus pela sua vida e por ter o prazer de sua amizade.
Uma amizade que não se esgota com o tempo, não se apaga com a distância, muito menos se desgasta com o convívio. Essa parceria, em que a gente não vê a hora de encontrar a pessoa, para contar aquela novidade que ninguém sabe. Você é aquela pessoa que eu considero como parte da família, aquela parte legal que a gente quer na formatura, no casamento, no nascimento dos filhos, na viagem, ou na defesa do mestrado. Aquele(a) a quem a gente quer contar como foi a entrevista de emprego, o primeiro dia de trabalho.
Esse texto é para você, que fez e faz a diferença na minha vida, e que, dentre tantos nesse mundo, fez questão de ficar, como quem quer levar a gente para sempre em seu coração. Obrigada pela sua amizade e obrigada por ser sempre presente, fazendo de todo o possível.
Você é esse alguém com quem a gente pode conversar o dia todo e não se cansa; que, ao relembrar as histórias, conseguimos rir de todos os momentos que passamos, de todos os micos que pagamos – nós nos divertimos ao relembrar cada momento. Você é aquela pessoa que a gente sabe: podemos contar a qualquer hora e iremos, para sempre, levar em nosso coração.
E, em tempos de amores líquidos, de amizades por interesses, é muito nobre e bonito ter uma amizade assim, é muito bom saber que, mesmo com a correria do dia a dia, alguém tira um tempo para ouvir, alguém torce por você e deseja o seu bem. Como é bom ter alguém em que podemos nos amparar nos dias ruins e contar como foi a semana, se fracassada ou cheia de conquistas.
A você, meu amigo(a) irmão(a), quero que saiba que, mesmo a gente não sabendo demonstrar às vezes o que sente, eu sou muito grata e feliz por ter alguém como você para chamar de amigo. Saiba que, no meu coração, você é um irmão(a). A amizade é mesmo um amor que nunca morre e, mesmo estando do outro lado do mundo, não deixamos de torcer, não deixamos de querer bem, não deixamos de amar.


sábado, 19 de agosto de 2017

Billy Graham: “Um bom casamento envolve a esposa, o marido e Deus”


Imagem relacionada

Um bom casamento não é algo que simplesmente acontece. Ele precisa de cuidados constantes.
Você já teve um jardim? Se sim, você sabe que é preciso dar a ele uma atenção constante para que seja bem sucedido. A terra deve estar preparada, as sementes corretas devem ser plantadas e adubadas, as ervas daninhas precisam ser arrancadas (sem ferir as boas plantas), a necessidade de regar o solo repetida, o jardim precisa ser protegido das aves destrutivas e dos animais. E, eventualmente, seu trabalho duro será recompensado.
O casamento é um pouco como aquele jardim. Se for negligenciado (se “ervas daninhas” estiverem autorizados a florescer), se o marido ou a esposa começa a admitir isso ou é insensível às necessidades do cônjuge, o casamento estará em apuros. Passar tempo juntos, buscando entender as necessidades do outro, evitando a crítica e maledicência — esses e inúmeros outros atos de bondade irão fortalecer o casamento.
A coisa mais importante que qualquer casal pode fazer, no entanto, é construir seu casamento em Jesus Cristo. Eu sempre disse que um bom casamento envolve três pessoas: a esposa, o marido e Deus. Não importa o que o futuro nos reserva, comece se voltando a Jesus Cristo e pedindo a Ele que entre em sua vida. Deus ama você, e sua vida nunca mais será a mesma com Cristo no seu centro. A Bíblia diz: “Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele.” (1 João 4:16).
Fonte: Portal Guiame

O lado cristão de Elvis Presley

Resultado de imagem para elvis cristao
Centenas de pessoas se aglomeram e ficam na ponta dos pés para observar melhor o ídolo no palco. Jovem ainda, com roupas apertadas, topete alto e danças provocantes, Elvis saboreia seu sucesso.
Há pouco tempo, em 1956, a revista Variety coroou o cantor como “Rei do Rock”, título aclamado fervorosamente pelos fãs. Pois, como súditos devotos, os adolescentes que aproveitam o show de Elvis abrem uma faixa que grita “Elvis é o nosso Rei!” E a reação da “majestade” é imediata.
“Existe apenas um Rei!” Esbraveja Elvis após parar a música no meio. Para perplexidade de quem assiste, prossegue: “E esse Rei é Jesus Cristo!”
Paz no vale
Resultado de imagem para elvis peace in the valley
Elvis Aaron Presley nasceu em 8 de janeiro de 1935, na cidade de Tupelo, interior do Mississipi, nos Estados Unidos. Seus pais, Vernon Elvis Presley e Gladys Love Smith viviam em uma cabana de 45 Metros quadrados feita de madeira e alugada. Como todos os pobres da época, apegavam-se à sua fé para melhorar a vida.
Assim Elvis foi criado. Dependente da mãe, o menino seguia seu amor de mãos dadas aonde fosse, em geral à escola e à igreja. Gladys e seu filho cantaram no coral religioso até 1948, quando a família migrou para Memphis, a “cidade grande”.
Se em Tupelo Elvis recebia a educação musical da Igreja e de seus tios, que adoravam música negra e o ensinaram a tocar violão, em Memphis o pré-adolescente se tornou fã dos grandes cantores gospels da época.  Os quartetos Statesmen e Blackwood Brothers eram seus prediletos.
Cristão fervoroso que era, Elvis nunca se abalou com a discriminação de seus colegas de escola, que o julgavam pelo cabelo comprido e pelas roupas extravagantes.
Eu acredito
Resultado de imagem para elvis i believe
Naquela época, Memphis era um caldeirão musical. A música espiritual negra, o blues, o rockabilly e o gospel sulino transbordavam cada rádio. Essa influência criou um Elvis apaixonado por ritmo, movimento e canto.
O estúdio Sun Recordes permitia que, por 4 dólares (cerca de 8 reais hoje), um disco fosse gravado. Elvis, acompanhado por seu violão, gravou, em 1953, duas músicas como presente de aniversário para sua mãe.
Encantado, o produtor Sam Phillips transformou o adolescente tímido em astro regional. Em 1955, o empresário Tom Parker “comprou” o cantor e nunca mais saiu do seu lado.
Sua mão na minha
Conhecemos muito bem o “Rei do Rock”, mas poucas vezes ouvimos falar sobre um dos mais bem-sucedidos cantores de música gospel da história. Ao longo de toda a sua carreira, Elvis Presley gravou 11 discos do gênero, além de quatro long plays (LPs) e dois extended plays (EPs), somando mais de 80 músicas dedicadas a Cristo.Sonny West, autor da biografia “Elvis: What Happened?” (Elvis: O que Aconteceu?, em tradução livre), afirma que o passatempo predileto de Elvis era cantar músicas cristãs. “Todas as noites ele se sentava ao piano e cantava”, diz ele. “Só saíamos dali depois que o dia amanhecia. Elvis realmente amava a música gospel.”
Apesar dessa devoção, suas atitudes foram severamente criticadas, principalmente no início de sua carreira. O cantor chorou várias vezes por ser chamado de vulgar e indecente. Por isso, prometeu à sua mãe que cantaria“Peace in the Valley” (Paz no Vale) na televisão. Mesmo com a rejeição da equipe de tevê em realizar sua vontade, Elvis cantou o louvor, tornando-se, já em 1957, um dos maiores nomes da música cristã.
Chorando na capela
Resultado de imagem para elvis in the chapel
Elvis foi encontrado morto em seu banheiro. Segundo a namorada Ginger Alden, com o livro“A scientific search for the face of Jesus” (“Uma pesquisa científica sobre o rosto de Jesus”, em tradução livre), de Frank O Adams, nas mãos. A causa da morte foi ataque cardíaco, embora dez drogas lícitas tenham sido encontradas em seu organismo.
Após a morte da mãe, em 1958, Elvis se tornou dependente de remédios. Sua dieta e hábitos irregulares, acompanhados por crises existenciais, fizeram dele alvo fácil para o vício. Seus abusos causaram diversas doenças, fazendo com que sua necessidade de remédios aumentasse. O excesso das drogas, como é de se esperar, agravou sua saúde. Perto de sua morte, Elvis tomava três coquetéis de remédios perigosos por dia. “Nos últimos 20 meses de vida, eu receitei mais de 12 mil pílulas de drogas potentes”, garantiu George Nichopoulos, um dos médicos do cantor.
   
Quão grande és tu
Resultado de imagem para ELVIS CRISTÃO

A herança de Elvis se estende até hoje. Não fosse por ele, o rock como é conhecido não existiria.
Elvis já vendeu mais de 1 bilhão de álbuns, recebendo 150 discos de ouro, platina e multiplatina. Desse total, mais de 40% foi vendido fora de seu país de origem, algo nunca conseguido por outro artista. Curiosamente, os únicos três shows de Elvis fora dos Estados Unidos foram realizados no país vizinho Canadá, em 2 dias.
Em relação ao Grammy, maior prêmio da música, Elvis conquistou apenas três: Melhor Performance de Música Sacra, com How Great Thou Art (1967); Melhor Performance Inspirativa, com He Touched Me (1972); e Melhor Performance Inspirativa, com o álbum How Great Thou Art – Live (1974). Todos os prêmios a músicas cristãs (abaixo).
If I Can Dream – Canção gravada logo após o assassinato de Mather Luther King


He Touched Me – Canção premiada com o Grammy em 1972




How Great Thou Art – Canção-título do álbum premiado com o Grammy em 1974






A Biblia de Elvis Presley


Resultado de imagem para ELVIS CRISTÃO


 



 



 


Elvis Presley é conhecido como o “Rei do Rock’n Roll”, mas foi a música gospel que teve a maior influência em sua vida.
“Ao longo de sua carreira, ele continuou retornando à mensagem do Evangelho em suas músicas”, disse Charles Hughes, que escreve sobre música e história do sul. “Cantando músicas evangélicas, gravando discos com essas músicas e incorporando em seus shows, técnicas de apresentação que ele teria aprendido igreja”. Joe Moscheo, membro do grupo ‘The Imperials’, um grupo evangélico que viajou com Elvis, escreveu um livro intitulado “The Gospel Side of Elvis” (“O lado do Evangelho em Elvis”) em 2007. Nessa época, ele falou com o jornalista Scott Ross, da CBN sobre a fé cristã do cantor lendário. Moscheo, que morreu em 2016, disse a Ross que ele se lembra de como Elvis se reunia com os outros cantores e instrumentistas em seu quarto de hotel para cantar música gospel por horas.
“Isso era o que ele queria fazer. Era como se houvesse duas partes dele próprio: havia o Elvis superstar subia ao palco, mas quando ele descia do palco, era o Elvis Presley de Tupelo, Mississippi, que foi criado no Igreja e ele queria cantar música gospel”, contou o músico.
O grupo ‘The Imperials’ viajou com Elvis de 1969-1972 e gravou dois álbuns de Gospel com ele, incluindo o seu disco que o levou a ganhar um Grammy, “He Touched Me”.
Na última vez que viu Elvis, Moscheo decidiu dar uma Bíblia ao astro do rock. 
“Eu disse: ‘Elvis, tenho algo para dar a você … Eu sei que você está lutando contra dificuldades, mas todas as respostas que você precisa estão neste livro. Então, tudo que você precisa fazer ler isto que estou te dando”, contou o músico, se lembrando daquel momento marcante.
Ross perguntou a Moscheo se ele acreditava que Elvis tinha um relacionamento com Jesus Cristo e foi salvo.
“Eu acredito que sim”, disse Moscheo, sem titubear. 
“Ele teve problemas. Quero dizer, é muito difícil imaginar que um cara como Elvis Presley poderia viver sem problemas. Mas eu estive ao lado dele e realmente sinto que ele era um cristão. E, senti que ele estava tentando manter isso, por mais difícil que fosse. Ele estava se agarrando à sua fé o máximo que podia e espero vê-lo um dia no céu”, disse Moscheo a Ross.

A Bíblia usada por Elvis Presley

Segundo estudiosos, a Bíblia do cantor fornece uma visão mais profunda sobre sua fé cristã – e graças ao Museu da Bíblia, em Washington (DC) – pessoas do mundo todo terão a oportunidade de fazer exatamente isso.Norm Conrad é o curador de impressões americanas e bíblicas para o Museu da Bíblia. Ele disse à CBN News que ele está convencido de que a Bíblia que eles estão expondo em um novo programa de estudos pertenceu a Elvis, porque foram encontradas no livro, algumas notas escritas pelo próprio cantor.
“Você pode dizer que esta é a Bíblia pessoal de Elvis Presley”, disse Conrad.
A Bíblia que está sendo exposta pelo Museu em Washington (DC) não foi aquela dada por Moscheo, mas sim uma que Elvis ganhou de sua família. Ela foi dada a Elvis por seus tios em seu primeiro Natal em Graceland, sua casa em Memphis, em 1957.
Conrad disse que os versículos sublinhados e notas pessoais escritas a mão refletem temas de confiança em Deus.
“Estes trechos definitivamente se inclinam para: ‘Eu confiarei em Deus’, ‘Eu posso confiar em Deus’, ‘Deus está no controle”, revelou Norm.
Embora não seja um especialista sobre a vida de Elvis, Conrad acredita que os escritos mostram que o cantor realmente tinha momentos devocionais.
“Se ele não era um homem de fé, então ele era um homem que procurava um relacionamento com Deus. Creio que ambos. Eu acredito que ele era um homem de fé. Realmente acredito nisso”, explicou Conrad.
O museu possui um novo e emocionante plano de estudo no aplicativo ‘YouVersion’, que permite aos usuários lerem a Bíblia KJV – versão que foi usada por Elvis e será exposta.
O ‘YouVersion’ é um aplicativo Bíblico gratuito para o seu telefone, tablet e computador.
O novo plano de leitura do Museu da Bíblia YouVersion, é intitulado “Rockin Through the Psalms with the King” e convida os leitores a participarem de um estudo de sete dias através da Bíblia KJV, incluindo as próprias notas manuscritas e versos sublinhados pelo cantor.
Um exemplo dessas notas pessoas está logo abaixo do Salmo 11:1, onde Elvis escreveu: “No Senhor, coloco a minha confiança e Ele me guiará”.
Já o salmo 43:3 está sublinhado e traz com uma nota na parte superior da página, dizendo: “Senhor, me mande luz para me guiar”.
E ainda no final da página 670, em referência ao Salmo 137:5-9, estão as palavras: “Confie só no Senhor, não no Homem”.
“Ele é um excelente exemplo da influência incomparável que a Bíblia tem sobre as pessoas. Sua vida pode ter dado algumas voltas e voltas ao longo do caminho, mas é claro, como evidenciado por suas próprias notas manuscritas, que a Bíblia teve um impacto profundo sobre ele”, Disse Bickley.
É evidente que Elvis olhou para a Bíblia para se inspirar em sua música.
Logo abaixo do Salmo 81, Elvis também escreveu: “Cante Louvores ao Senhor”.
Em referência ao Salmo 149:3-6, outra nota também diz: “As mais altas graças da música fluem dos sentimentos da alma do coração”.
Várias outras frases e palavras também foram anotadas no Salmo 149 com dizeres, como “Cante para a Glória de Deus”, escrito com a caligrafia de Elvis no final do Livro dos Salmos.
O estudo Elvis pode ser acessado através do aplicativo YouVersion Bible.
As fotografias da Bíblia Elvis Presley estão incluídas com a permissão de seu dono.



Em  8 de setembro de 2012 A Bíblia de Elvis Presley é leiloada por £ 59,000 (+- 220mil reais)



Em couro com letras de ouro e 1.600 páginas, esta Bíblia foi dada a Elvis Presley por seu tio e sua tia, em seu primeiro Natal em sua propriedade de Graceland em Memphis, em 1957. 


Esta Bíblia foi usada por Elvis Presley até o dia de sua morte em 16 de agosto de 1977.  
Contendo todas suas anotações pessoais.


Elvis escreveu:
TODOS OS HOMENS PODEM SER TENTADO,
COM DEUS AO SEU LADO, VOCÊ PODE
SER SALVO.


Elvis escreveu:
LEVE-ME GUIA-ME EM TODAS AS SUAS MANEIRAS.


Elvis escreveu:
PARA JULGAR UM HOMEM 
POR SEU ELO MAIS FRACO OU
ATO É COMO JULGAR
O PODER DO OCEANO
POR UMA ONDA.


Elvis escreveu:
CONFIE NO SENHOR NÃO HOMEM.


Elvis escreveu:
HÁ UMA TEMPORADA 
PARA CADA COISA, 
PACIÊNCIA RECOMENDA VOCÊ E REVELA
TODAS AS RESPOSTAS PARA SUAS
QUESTÕES.






O poder de encorajar o seu cônjuge

O incentivo deve ser uma parte regularmente praticada de um casamento saudável - palavra-chave:  praticada  .  O bom incentivo é julgad...