quarta-feira, 17 de maio de 2017

Você Ora Com Seu Marido?


(POST FEITO ATRAVÉS DO SITE: sonomachristianhome.com)

"A oração e o casamento andam de mãos dadas, e eu estou grato aos meus filhos que estão vendo isso através de minhas falhas e deficiências."
"Chris, nós realmente precisamos orar." 
"Agora? É quase meia-noite. Sobre o que você quer orar? " 
Eu rolei e me virei para ele enquanto rolando meus olhos," As crianças, e para nós. "
Silêncio e depois um suspiro exasperado, "MUITO", ele disse antes de começar a orar. 
(Nota: Meu marido seria mais feliz se a oração fosse a primeira coisa na manhã ou antes de dormir, em vez de sentir-me atirar e virar até que eu pedir-lhe no meio da noite).
Ouvi dizer durante o curso da minha curta vida cristã: "Um casal que ora juntos, permanece junto", mas orar é tão difícil, especialmente como um casal. É uma coisa para compartilhar seus pensamentos e sentimentos, é um jogo de bola totalmente novo para abrir em oração.
Orar é tão íntimo como qualquer outra coisa no quarto, ele deixa nua nossas almas e revela nossas vulnerabilidades. Mas quando oro com meu marido, criamos um laço mais forte entre nós. Convida Deus para nossas vidas e para o nosso casamento, unindo-nos na frente espiritual.
Você ora com seu marido? Você pede que ele ore por você antes de começar o dia? Para mim, ainda é uma nova prática que às vezes eu me sinto envergonhado indo para o meu marido e dizendo: " Estou me sentindo um pouco mal esta manhã e eu tenho muito a fazer. Você pode orar para que eu não seja um pouco geniosa com as crianças? "
É fácil pensar: "Se eu pudesse me controlar e ter uma mentalidade melhor, então eu poderia lidar com o dia apenas multa." Mas quando eu trouxer minhas falhas para o meu marido, que pode então leva-lo diante de Deus, isso me humilha em Convidar meu marido e Deus para o meu dia. Nos dias em que eu levo meus pedidos a meu marido, traz a paz fora do caos. O dia ainda está cheio de frustrações, mas então eu me lembro que Deus está comigo e Ele está pavimentando o caminho para fazer o que Ele pretendia naquele dia.
Também me lembra o que eu sou um modelo na frente de meus filhos. Elijah é o primeiro a ressaltar que eu tenho uma atitude mal-humorada: " Mãe, você não orou esta manhã com o papai, não é? Talvez devêssemos orar por você no caminho para a escola .
Eu odeio quando meus filhos apontam meus erros e falhas, mas então me abençoa saber que eles entendem o poder da oração. Eles não têm nenhum problema em dizer a Deus quando eles estão com raiva, o que eles querem, e o que eles se preocupam. Como adultos, perdemos essa fé infantil e esquecemos que Deus não é algo imaginário no céu ao qual enviamos nossos pensamentos. Ele é real, vive dentro de nossos espíritos e quer ser capaz de trabalhar através de nossos planos, fraquezas e sonhos.
Como pode Ele fortalecer nosso casamento e fé se não primeiro irmos a Ele? Oração e casamento andam de mãos dadas, e eu sou grata a meus filhos que estão vendo-o através do minhas falhas e deficiências.
Você ora com seu Marido??
 Se não, o que te impede? O poder de orar com seu marido rompe com nossas deficiências e limitações. Ela fortalece nosso vínculo e cria intimidade que resiste às provações. 
Eu encorajo você a começar pequeno e ir para o seu marido.
"Quando dois de vocês se reúnem em alguma coisa na Terra e fazem uma oração, 
o Pai Celestial entra em ação. E quando dois ou três de vocês estiverem juntos por causa de mim, vocês podem ter certeza de que eu estarei lá. " 
Mateus 18: 19-20 MSG.

DO YOU PRAY WITH YOUR HUSBAND?



“Prayer and marriage go hand in hand, and I’m thankful my kids are seeing it through my fumbles and shortcomings.”
“Chris, we really need to pray.”
“Right now? It’s almost midnight. What do you want to pray about?”
I rolled and turned towards him while rolling my eyes, “The kids, and for us.”

Silence and then an exasperated sigh, “FINE,” he said before he started praying. (Note: My husband would be happier to pray first thing in the morning or right before bed, instead of feeling me toss and turn until I ask him in the middle of the night).
I’ve heard it said over the course of my short Christian life, ‘A couple that prays together, stays together’, but praying is so hard, especially as a couple. It’s one thing to share your thoughts and feelings, but its a whole new ball game to open up in prayer.
Praying is just as intimate as anything else in the bedroom, it lays bare our souls and reveals our vulnerabilities. But when I do pray with my husband it creates a stronger bond between us. It invites God into our lives and into our marriage, uniting us on the spiritual front.
Do you pray with your husband? Do you ask him to pray for you before you start your day? For me, it’s still a new practice that sometimes I feel embarrassed going to my husband and saying, “I’m feeling a little crabby this morning and I have so much to get done. Can you pray that I’m not short tempered with the kids?
It’s easy to think, “If I could just control myself and have a better mind set, then I could handle the day just fine.” But when I bring my shortcomings to my husband, who then takes it before God, it humbles me and invites both my husband and God into my day. On the days when I do take my requests to my husband, it carves peace out of the chaos. The day is still filled with frustrations, but then I’m reminded that God is with me and He is paving the way to do what He intended that day.
It also reminds me of what I model in front of my children. Elijah is the first to point out that I have a crabby attitude, “Mom you didn’t pray this morning with Daddy, did you? Maybe we should pray for you on the way to school.”
I hate it when my children point out my mistakes and flaws, but then it blesses me to know they understand the power of prayer. They have no problem telling God when they are angry, what they want, and what they worry about. As adults, we lose that childlike faith and forget that God isn’t some imaginary thing in the sky that we send our thoughts up to. He is real, lives within our spirits and wants to be able to work through our plans, weaknesses, and dreams.
How can He strengthen our marriage and faith if we don’t first go to Him? Prayer and marriage go hand in hand, and I’m thankful my kids are seeing it through my fumbles and shortcomings.
Do you pray with your husband? If not, what holds you back? The power of praying with your husband breaks through our shortcomings and limitations. It strengthens ours bond and creates intimacy that stands through trials. I encourage you to start out small and go to your husband.
“When two of you get together on anything at all on earth and make a prayer of it,
my Father in heaven goes into action. And when two or three of you are together because of me, you can be sure that I’ll be there.”
Matthew 18:19-20 MSG.
by sonomachristianhome.com - his words.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

SUA UNÇÃO PARA SEU DESÍGNIO PODE GERAR GRANDE CONDENAÇÃO E DESCONFORTO AOS OUTROS


Seu desígnio exigirá uma unção especial. A unção é o poder de Deus dado a nós para remover fardos e jugos de cativeiros existentes em nós mesmos e nos outros.
12 fatos importantes para entender a unção do Espírito Santo em sua vida:

1. A unção que atrai alguns sempre aliena outros. Jesus explicou isso: Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra. E, assim, os inimigos do homem serão os seus familiares (Mateus 10.34-36). Sua obediência ao Espírito Santo sempre atrairá ou afastará os outros.

2. A unção em você forçará os outros a tomarem decisões. Algumas vezes, serão as que eles não querem tomar ou expor (leia Atos 7.54-59; 24.24,25).

3. O Espírito Santo usa a Palavra de Deus como uma força que exige resposta. Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais pé' netrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta
diante dele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar (Hebreus 4.12,13).

4.0 Espírito Santo é um inimigo para toda a carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis (Gaiatas 5.17).

5. A unção que há em você pode intimidar pessoas em posição de liderança e poder. Isso aconteceu com o apóstolo Paulo: Alguns dias depois, vindo Félix com sua mulher Drusila, que era judia, mandou chamar a Paulo e ouviu-o acerca da fé em Cristo. E, tratando da justiça, e da temperança, e do Juízo vindouro, Félix, espavorido, respondeu: Por agora, vai-te, e, em tendo oportunidade, te chamarei (Atos 24.24,25).

6. A unção pode gerar problemas quando outros forem intimidados por ela. A que Paulo tinha foi tão intimidadora que Félix o deixou preso (Atos 24-27).
O livro de Atos está repleto de biografias de campeões. Estêvão foi um deles. Ele estava cheio de fé e poder, e fazia grandes milagres e maravilhas entre o povo. De fato, ninguém poderia debater com esse servo de Deus com sucesso. E levantaram-se alguns que eram da sinagoga chamada dos Libertos, e dos cireneus, e dos alexandrinos, e dos que eram da Cilicia e da Ásia, e disputavam com Estêvão. E não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito com que falava (Atos 6.9,10). 

A unção de Estêvão incitou grande ira nos religiosos. Eis o plano de retaliação deles: agitaram as pessoas, os anciãos e os escribas; foram até Estêvão, capturaram-no, levaram-no ao conselho e usaram falsas testemunhas. Constate tais fatos em Atos 6.12-15. Durante o tempo em que Estêvão falava, a Bíblia declara que os religiosos, os quais olhavam para ele, contemplando-o, viram o seu rosto como o rosto de um anjo (Atos 6.15). Aquele servo do Senhor lhes falou a respeito de Abraão, José e Moisés, e ainda os lembrou de Salomão. Quando disse que eles estavam resistindo ao Espírito Santo, registra a Escritura Sagrada:

E, ouvindo eles isto, enfureciam-se em seu coração e rangiam os dentes contra ele (Atos 7.54). 7. A unção é a recompensa pelo comprometimento com Deus e a busca por Ele. Um compromisso sempre nasce de uma convicção, e sua obediência gera inimigos. E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo. Não é o discípulo mais do que o mestre, nem é o servo mais do que o seu senhor (Mateus 10.22,24).

8. A unção pode aumentar poderosamente, de forma que você possa ver coisas acontecendo no mundo vindouro. A unção sobre Estêvão era tão poderosa que ele viu o Paraíso. Mas ele, estando cheio do Espírito Santo e fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus e Jesus, que estava à direita de Deus, e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, que está em pé à mão direita de Deus (Atos 7.55,56).

9. A unção pode enfurecer os outros e provocar um ataque contra você. Isso ocorreu com Estêvão. Mas eles gritaram com grande voz, taparam os ouvidos e arremeteram unânimes contra ele. E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo. E apedrejaram a Estêvão, que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito. E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu (Atos 7.57-60).
• A unção não atrai todo mundo. 
• A unção intimida. 
• A unção enfurece e agita.

10. A unção é a santa presença e o poder de Deus, que forçam a natureza pecadora do homem a ser revelada.

11. A unção é a luz que mostra onde a escuridão está escondida. Nem ainda as trevas me escondem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa (Salmo 139.12).

12. A unção é o conhecimento de Deus que expõe a ignorância e o erro ao seu redor. Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e finais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração (Hebreus 4.12). Mais do que qualquer outra coisa em toda a sua vida, o inferno tem medo da unção que lhe dá poder para completar seu desígnio. Tenho visto isso acontecer inúmeras vezes em minha vida e meu ministério. 

O Espírito Santo desenvolveu em mim uma obsessão pela sabedoria de Deus. Existem três áreas sobre as quais o Senhor trouxe uma revelação maravilhosa ao meu coração. As três prioridades da vida são: o Espírito Santo, o desígnio e a semente.
As três prioridades da vida:

• O Espírito Santo — Alguém que está andando com você. 
• O desígnio — A resolução do problema para o qual você foi criado. 
• A semente — Qualquer coisa que você tem criado para gerar seu futuro.

Tenho falado muito sobre essas prioridades na televisão cristã ao redor dos Estados Unidos. É obvio que a programação cristã é desprezada pelo inferno, pois trouxe ao mundo uma consciência sobre Jesus que centenas de anos de pregações na igreja não trouxeram. 

Satanás tentou usar a TV como uma arma para destruir os cristãos, mas Deus usa-a para aniquilar os planos do diabo. Ela é a maior ferramenta de comunicação desta geração. Existe uma guerra sendo travada sobre as ondas aéreas a cada minuto todos os dias. Frequentemente, viajo milhares de quilômetros com o apoio do ministério da televisão. 

Quando auxilio e ministro, sempre compartilho com os parceiros daquele grupo e conto meu testemunho de como o Senhor usou minha semente para gerar colheitas de bênçãos sobre minha vida. Peço aos telespectadores que liguem para a emissora e façam votos de fé. Isso possibilita que o ministério continue curando pessoas feridas naquela área. No entanto, não gosto de ficar longe da minha casa, nem de viajar para todo lugar. 

Se Deus não estivesse envolvido, possivelmente, eu não deixaria meu lar pelo resto da minha vida. Viajei milhões de quilômetros nos últimos 30 anos de ministério. Dormi em hotéis estranhos, comi comida de todo tipo. Contudo, fiz isso porque amo a obra do Senhor, os ministérios de TV, e amo ajudar as pessoas a alcançarem seus sonhos e objetivos. 

Quando ensinei sobre a semente, recebi cartas de ódio, de crítica, e comentários que deixariam qualquer homem em farrapos. A crítica, às vezes, deixava-me tão irado que eu queria "tirar férias de Deus" por alguns meses e lidar com as pessoas diretamente! Por que essas críticas acontecem? Por que alguém criticaria um homem de Deus que encoraja indivíduos a pegarem uma porção daquilo que o Senhor lhes deu e devolverem a Ele, para, assim, verem o Nome de Jesus ser exaltado na Terra?

• A unção condena. 
• A unção exige. 
• A Verdade corrige.

Quando alguém ensina você a dar, o deus da ganância é exposto e forçado a emergir. Aquele telespectador irado não foi forçado a assistir-me. Ninguém o coagiu a ouvir meus ensinamentos. Então, por que ele não assistiu a alguma outra programação?

• A unção tem um magnetismo. 
• Ela atrai tanto os que odeiam a Verdade quanto os que a amam. 
• Ela divide. Homens são forçados a avaliar a Verdade.

Há muitos anos, um importante evangelista do ministério de cura quis construir um grande centro de cura e saúde. Você pensaria que milhares de médicos ficariam entusiasmados, pois um homem de Deus estava ajudando-os a "sarar doenças". 

A reação oposta aconteceu. Como bilhões de abelhas, eles vieram em multidão lutar contra o trabalho daquele evangelista. As críticas, que pareciam as "Cataratas do Niágara", ameaçavam a grande visão que Deus deu a ele. Aquilo que o estimula causa ira aos outros. Aquilo que agrada a Deus provoca ira em Satanás. 

Por isso, é tão essencial saber exatamente qual é o seu desígnio. Quando Deus revelar o chamado dele para sua vida, permaneça na presença dele até que essa consciência se torne inalterável, indubitável em seu coração. Você só resistirá se estiver realmente convencido sobre seu desígnio. 
Lembre-se: sua unção para seu desígnio pode gerar grande condenação e desconforto nos outros.

-Dr. Mike Murdock - Livro - O Designio


domingo, 14 de maio de 2017

ESPECIAL DIA DAS MÃES: A chamada de uma Mãe ao caráter.


O caráter é desenvolvido através de uma caminhada íntima com Deus. Como mães, é preciso aprender a andar com Deus de uma nova maneira. Como crianças pequenas, precisamos manter as mãos na mão de Deus como Ele nos guia. Ele nos deu Seu caráter através do fruto de Seu Espírito.
Quando você está caminhando no caráter de Cristo, você terá gentileza com seus filhos, você não vai empurrá-los ao redor enquanto flambagem seu assento de carro. Se você tiver paciência, você não vai gritar com irritação ou olhar para eles com raiva. Se você tem bondade, você não vai agitar ou tapa seu filho. Se você anda como uma mãe que dá vida, você disciplinará seus filhos no amor.
Antes de ter filhos você poderia levantar-se e treino, ou dar um passeio sempre que você queria. Você poderia refletir e obter sua mente juntos antes de alguém exigiu algo de você. Você teve tempo para orar e ler sua Bíblia. Você teve a liberdade de passar tempo com seu marido ou amigos.
Se você é uma mãe com filhos pequenos, você não tem mais a mesma liberdade. Você está na chamada 24/7. Qual é o novo normal para você? Qual é a nova maneira de você viver uma vida equilibrada? É possível ter equilíbrio e ter filhos?
Como Deus nos chamou para ter seis filhos, comece a construir estratégias em sua rotina diária para que não vá acabar empurrado para a borda. Se puder construir momentos de saúde e meditação e reflexão divina em sua vida, pode fazer mais do que sobreviver. Pode prosperar.
Ler a Bíblia pode  tornar-se sua salvação. Vão-se os momentos de ter tempo ininterrupto sempre que que passar tempo com Deus. Agora tem que fazer estratégias, lutar por esse tempo, e improvisar.
Mantenha sua Bíblia à mão com um marcador nela, pronta para ler quando cuida do bebê. Até coloque se preciso, a Bíblia no chão no banheiro para virar a cabeça para secar o cabelo e ler a Palavra. Comece a fazer passeios de oração com o carrinho duplo. Ore em voz alta com uma lista de orações em suas mãos.
Comece a transformar a música de adoração alto em casa e faça pausas de dança com crianças em seus braços. Esta será a dança de sobrevivência em dias que forem difíceis.
Construir estruturas diárias em nossas vidas e lares tornam-se fronteiras agradáveis ​​da saúde.
Pergunte como seus filhos passam seus primeiros momentos hoje. Seu padrão de vida de conectar-se a Jesus primeiro ajuda a permanecer em Sua presença durante todo o dia. Não acredite na escolha deles. É Deus quem chamou seus filhos como uma criança para se aproximar dEle.
Para criar filhos de caráter, precisamos apontá-los para Cristo. Sua misericórdia cobre suas imperfeições e falhas. Sua graça capacita você a permanecer conectado a Ele durante todo o dia. 
Seu fruto fortalece você para ser uma mãe marcada por Seu caráter.
FELIZ DIA DAS MÃES!


Alguém Precisa de Você


❝ Alguém necessita de você pra alguma coisa. Alguém necessita de você para assoprar um machucado ou enxugar lágrimas, para dar uma mão e levantar o que está completamente cansado. Alguém precisa dividir segredos com você e chorar escutando alguma música; dançar escutando outra. Alguém precisa ir ao shopping ou ao parque, todos os domingos após o almoço. 

Alguém precisa te ligar na madrugada e desabafar sobre o que está sufocando. Alguém precisa te levantar e ser levantado, precisa de você para gastar e passar alguns apuros. Alguém obviamente precisa da sua presença… Para abrir uma garrafa de refrigerante ou para levar algum peso. Alguém precisa que você vá correndo levar o que supostamente esqueceu em casa. 

Alguém precisa da sua presença no aniversário, precisa dos seus presentes simples… Mas com amor. Alguém precisa escrever pra você, com você e emocionando você. Alguém precisa deixar-te sem jeito e dar-te um abraço quando precisar. Alguém precisa de você para tirar o sossego em plena tarde de sábado. Alguém precisa do seu andar torto, e do seu sorriso meio-amarelado. 

Alguém precisa das suas palavras doces, e dos seus xingamentos um tanto quando engraçados. Alguém precisa que você alerte sobre o errado, que oriente para o certo. Alguém precisa de você para beber e sair para alguma festa. Alguém precisa de você pra comentar sobre aquela roupa totalmente tenebrosa quando se vê na rua. Alguém precisa de você para dar uns tropeços e se reerguer. Alguém precisa de você, da mesma forma como você precisa de alguém. 

Você precisa de carinhos, amor e muita felicidade. Alguém precisa de consciência e sanidade. Outros precisam de oportunidades e chances. Alguns precisam de amor e outros apenas de uma faca. Alguns precisam de abraços e outros de ouro puro. Alguns precisam do brilho dos olhos e outro, o cheiro doce do perfume. Uns preferem estar sozinhos, com a razão de que estar sem ninguém é o melhor. Alguns precisam de palavras de orientação, outros precisam de vergonha na cara. 

Alguns precisam de verdades, e outros de um pouco de coragem. Alguém precisa de você, e você precisa de alguém. É um siclo, onde tudo gera em torno de outro alguém. Você pode precisar disso hoje, e amanhã precisa de outra coisa; uma coisa nova. Alguns precisam de amizades, outros de distância para aprender amar. Alguns precisam ser derrubados para aprender… 

Outros precisam se levantar e cair novamente, cair e levantar de novo, e de novo, e de novo, só para aprender que nunca se perde, apenas se atrasa. Alguns precisam de amor, outros de ódio. Alguns precisam de um mundo melhor, onde todos e tudo deveria girar em torno do respeito. Todos necessitam de amor. Amor que deveria ser suficiente."

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Ansiando Como Deus Anseia


Meu coração está agitado assim porque estamos vivendo dias em que Deus está aprofundando nossos anseios por Ele, permitindo que experimentemos o profundo desejo que Ele tem de que estabeleçamos um relacionamento íntimo com Ele próprio. À medida que começarmos a experimentar a intensidade do anseio de Deus em nós, a igreja começará a olhar e a cantar diferente. Isso aconteceu comigo. Nunca havia experimentado tão santo desespero por mais de Deus em minha vida e família quanto estou experimentando agora.


Deus deseja agitar os corações
de Seu povo nestes dias
como nunca antes.


Os últimos anos têm sido anos de mudanças para  mim. O povo de Deus, hoje, parece estar num lugar de tremendo anseio por mais da vida e da presença de Deus em suas vidas. Desde que escrevi meu livro Transformado em Sua Presença, há vários anos, tenho experimentado uma incrível jornada em Sua presença.
Acredito que você, como eu, está mais faminto de Deus hoje do que jamais esteve. Ultimamente, o clamor de meu coração tem sido: “Deus, deve haver mais! Deve haver mais em Você do que o que tenho experimentado, do que o que tenho visto na igreja, do que o que tenho experimentado no ministério.”
Neste momento, estou orando:

Pai, estou com tanta fome de Você! Mesmo enquanto escrevo este capítulo de abertura, sei que deve haver mais. Deve haver mais em Você; deve haver mais em Você. Peço que toque minha vida, mesmo enquanto escrevo. Senhor, toque todas as vidas que lerem este livro com a vida do Espírito Santo e dê-nos um anseio por Você maior do que jamais tivemos ou conhecemos.

- Pastor Sam Hinn - Livro - Beijando a Face de Deus

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Pastor creates social project for children in Africa: "They live on the streets and eat junk"

With a reality marked by hunger and lack of basic infrastructure, Africa touched the heart of the apostle Joel Engel on a missionary trip last year across the continent.

Known for leading the Prophetic School, Engel visited Africa in late 2016 to be part of the graduation course for online students. However, noting that hundreds of children were part of the audience, something has changed on their journey.

"I went there to anoint the adult students who attended the Prophetic School, but God spoke to me in a very strong way: 'Do not forget the little ones,'" Engel said in an interview with Guiame.

With this impact came the Daniel Project, which aims to build churches with an infrastructure around them, counting on day care centers, schools and hospitals. The goal of the mission is to minimize the problems of hunger, malnutrition, lack of medical care and bring Bible teaching to children, forming future evangelists for Africa.

"The name of the project is based on the biblical book of Daniel, the prophet who was taken as a slave to Babylon but received a good diet, received studies and became governor," Engel explains.

Reality of children in Africa

On his last trip to Africa, Engel noted that one of the reasons for social unbalance is the large number of children per family. "I met parents who had 120 children, for it is very common to see men with ten wives, for example. So these kids end up going to the streets and eat anything - grasshoppers, rats, "he says.

"Within that culture, they do not know how to plant and do not enjoy basic sanitation. So the wealth of Africa lies in people, in children, "added the apostle.
To fill the lack of social and family structure, Project Daniel wants to encourage and empower every African pastor to become teachers and parents, within schools. "We want to adopt those children, not just get them to attend the services," Engel said.

Initial project

A pilot project will be established in Kampala, the capital of Uganda, where the mission has already received an extension of 17 hectares of African government land. "We are going to lead a team that will teach people how to plant and raise animals so that families can support themselves," explains Engel.

In partnership with the specialist in molecular medicine and toxigenética, José Valdair de Sousa, African communities will receive dietary supplementation with bran and organic pastes.

"The idea is to create micro-cities with water, light and basic sanitation. In that place, pastors will have work every day, children will study and not need to go out to eat on the streets, "adds the apostle.

For Engel, it is important that the Church joins the government to take on social issues. "The Church must become involved in the social field. In Africa there are a lot of people and a large percentage of them are Christians. Then the Church must assume the social part together with the government, which must also assume its responsibility. "

To know more about Project Daniel and the Prophetic School, visit the sites:
www.ministerioengel.com and 
www.escolaprofetica.com.br.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Você é Filho Ou Servo?


Há uma diferença entre ser servo e ser Filho.
Quando você é servo, se não tiver prudência você se torna um escravo da religiosidade. 

Você se oferece para as pessoas como se fosse um produto, oferecendo seus "serviços" como se o Reino fosse voltado pra isso; uma massagem no seu ego e uma grana pra você continuar a fazer seu trabalho. 

Então você continua a mendigar aos pés de muitos implorando para que alguém te chame para cantar ou pregar na igreja do irmão fulano... do Apóstolo tal... não faça isso!!

Quando voce é filho, voce entende que não precisa barganhar com Deus muito menos provar aos outros o Pai que tem. 

Você entende que você é herdeiro filho do Grande Leão da tribo de Judáh, e não há necessidade de se vender... ELE TE CHAMOU e quem começa a boa obra é fiel e justo para cumprir e terminar. 

Nunca se esqueça disso, antes de ser servo, você é FILHO.


_Pra. Francis Fais

terça-feira, 2 de maio de 2017

SEU DESÍGNIO PODE CUSTAR-LHE TUDO



Tudo que é importante custa. Sempre. Sua salvação custou. Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus (l Coríntios 6.20). O desígnio de Jesus custou-lhe a aceitação da sociedade. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam (João 1.11). Na verdade, custou-lhe tudo.

Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que, por tradição, recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado. 
l Pedro 1.18,19 Jesus ensinou aos discípulos que seria custoso segui-lo.

Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e. siga-me; porque aquele que quiser salvar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Mateus 16.24-26

O desígnio de Moisés custou-lhe muito.
Pela fé, Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, escolhendo, antes, ser maltratado com o povo de Deus do que por, um pouco de tempo, ter o gozo do pecado; tendo, por maiores riquezas, o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. Peia fé, deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível. Hebreus 11.24-27

O desígnio de Abraão custou-lhe o conforto dos parentes e da sua casa.
Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. Génesis 12.1
Peia fé, Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé, habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Hebreus 11.8,9

O desígnio do apóstolo Paulo custou-lhe seu prestígio.
Circuncidado ao oitavo dia, da íinhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu, segundo o zelo, perseguidor da igreja; segundo a justiça que há na ki, irrepreensível. Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. Filipenses 3.5-7 Custou-lhe, também, a saúde física e emocional.
São ministros de Cristo? (Falo como fora de mim.) Eu ainda mais: em trabalhos, muito mais; em açoites, mais do que eles; em prisões, muito mais; em perigo de morte, muitas vezes.

Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um; três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; em viagens, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; em trabalhos e fadiga, em vigílias, muitas vezes, em fome e sede, em jejum, muitas vezes, em frio e nudez- Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas. Quem enfraquece, que eu também não enfraqueça? Quem se escandaliza, que eu não me abrase? Se convém gloriar-me, gloriar-me-ei no que diz respeito à minha fraqueza.
2Coríntiosll.23-30

Todos os vencedores em Cristo descobriram o alto custo de seus desígnios. O de José foram anos de escravidão, acusações mentirosas e isolamento de seu pai e de seus irmãos. José sabia que seu desígnio poderia ter lhe custado a vida, caso faraó não o aceitasse. Daniel pagou o alto preço de enfrentar a cova dos leões. Seus três amigos, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, seguiram seus desígnios com total devoção, mesmo dentro da fornalha. Jó recusou-se a pecar e manteve-se em Deus. A recompensa estava a caminho. Seu desígnio pode custar-lhe o preço mais alto que você já pagou por qualquer coisa em sua vida. Por que pagaria qualquer preço para acreditar em seu desígnio? Por causa das recompensas. Elas são garantidas, alcançáveis e para sempre. Jesus pagou o preço, mas, em seguida, ressuscitou e retornou ao lugar glorioso de onde veio. Olhando para]esus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus (Hebreus 12.2).

15 razões por que os campeões estão dispostos a pagar o preço do desígnio:

1. O poder de Deus ré vela-se em nós. Temos, porém, esse tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós (2 Coríntios 4.7).

2. A vida de Jesus manifesta-se em nós e aos outros. Trazendo sempre por toda parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também em nossos corpos. E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste também em nossa carne mortal (2 Coríntios 4-10,11).

3. Seu homem interior é renovado pelas adversidades diárias. Por isso, não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia (2 Coríntios 4.16).

4. Muitas aflições trazem uma recompensa eterna de Deus. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente (2 Coríntios 4.17).

5. A adversidade passa rápido, mas as recompensas são para sempre. Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas (2 Coríntios 4.17,18).

6. Você comparecerá perante o trono de Cristo. Peio que muito desejamos também ser-lhe agradáveis, quer presentes, quer ausentes. Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal (2 Coríntios 5.9,10).

7. Moisés esperou uma recompensa; então, nós também podemos. Tendo, por maiores riquezas, o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa (Hebreus 11.26).

8. Uma coroa de justiça aguarda-o. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda (2 Timóteo 4-7,8).

9. O reinado virá depois da adversidade. Se sofrermos [com Cristo], também com ele reinaremos (2 Timóteo 2.12a).

10. A recusa em pagar o preço do seu desígnio irá aliená-lo de Deus. Se o negarmos, também ele nos negará (2 Timóteo 2.12b).

11. Pague o preço, porque você foi escolhido para isso. Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo. Ninguém que milita se embaraça com negócio desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra (2 Timóteo 2.3,4).

12. Sua alegria é garantida até a plenitude de seu desígnio, independente do custo. Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós, para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas alegrai-vos no f ato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis (l Pedro 4.12,13).

13. O Espírito da glória vem e repousa sobre sua vida, quando você paga o preço. Se, pelo nome de Cristo, sois vituperados, bem aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória de Deus (l Pedro 4.14).

14. Existe uma recompensa em tudo que Deus propôs a você em Sua aliança. [Sendo soberano, Ele poderia simplesmente exigir que obedecêssemos, sem dar-nos algo em troca.] Mas, porque Ele nos ama, usa as recompensas como um incentivo à obediência. E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR, teu Deus (Deuteronômio 28.2).

15. Suas perdas são temporárias; sua restauração é permanente. E restituir-vos-ei os anos que foram consumidos pelo gafanhoto, e a locusta, e o pulgão, e a oruga, o meu grande exército que enviei contra vós. E comereis fartamente, e ficareis satisfeitos, e louvareis o nome do SENHOR, vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo não será mais envergonhado Joel 2.25,26).

O dia do pagamento chegará. Você pode contar com Deus. Veja novamente a vida de Jó. Sua esposa o amaldiçoou. Seus filhos morreram. Seus bens foram roubados. Sua saúde esvaiu-se. Mas Deus recompensou-o.

E o SENHOR virou o cativeiro deixou, quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou a Jó outro tanto em dobro a tudo quanto dantes possuía. E, assim, abençoou o SENHOR o último estado de Jó, mais do que o primeiro; porque teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. Também teve sete filhos e três filhas. E em toda a terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de J ó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos. Jó 42.10,12,13,15

Seu desígnio pode custar-lhe tudo: status social, finanças, saúde, as amizades mais próximas que você construiu por toda uma vida. Mas um dia de recompensa é garantido. Sempre. Um dos maiores pregadores da história teve uma relação extremamente difícil com sua esposa. Ela desprezou o trabalho dele para Deus. 
Ela ficava na frente das multidões durante a ministração dele gritando palavrões. Mas ele manteve seu foco, recusou-se a retrucar. Respondeu somente ao seu desígnio. Hoje, muitos não sabem o nome dela, enquanto o ministério dele tem abençoado milhares de pessoas. Recuse-se a desistir. Utilize a paciência como uma arma contra a oposição. Amanhã você provará as recompensas por qualquer preço pago hoje.

Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão. Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa. Porque ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará. Hebreus 10.35-37

Seu dia do pagamento não o desapontará. Lembre-se: seu desígnio pode custar-lhe tudo.

-Dr. Mike Murdock - Livro - O Designio


Você Ora Com Seu Marido?

(POST FEITO ATRAVÉS DO SITE:  sonomachristianhome.com) "A oração e o casamento andam de mãos dadas, e eu estou grato aos meus ...