sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Por que devemos nos desligar do Carnaval?



Nesse período, permaneça conectado com o Espírito de Deus. Veja o alerta feito pelo bispo Clodomir Santos da IURD




A palavra “Carnaval” tem a sua origem no latim, uma língua antiga. É a junção das palavras “carne" e "vale”, que significa “adeus à carne”, em tradução livre. Essa expressão surgiu porque as pessoas, no passado, aproveitavam ao máximo os prazeres da carne antes que chegasse a quarta-feira de cinzas.
Portanto, pense por 1 minuto: uma festa que surgiu da ideia de se entregar aos prazeres da carne, antes que o tempo termine, pode agradar a Deus?
Por isso é muito comum nesse período do ano acontecerem muitos acidentes de carro, provocados por motoristas embriagados. Além disso, há uma grande valorização da sexualidade e das traições amorosas.
Muitas pessoas se perdem em vícios e consomem grandes quantidades de drogas. Também ocorrem discussões e brigas das quais nem sempre os envolvidos sabem, sequer, o motivo pelo qual começaram.
As pessoas estão entregues ao presente, dizem que “o amanhã pertence a Deus” e querem “viver o momento” de maneira intensa. É o período em que “tudo é permitido”. Vivem pelas emoções e se envolvem em sentimentos.
Contudo, como o desejo do espírito é oposto ao desejo da carne, consequentemente esses prazeres não agradam ao Espírito de Deus.
Como está escrito na Bíblia: “Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer.” Gálatas 5.17
Essas pessoas desconhecem o perigo que estão desafiando. Elas fazem coisas que agradam aos espíritos malignos e negam a vontade de Deus – ou seja, estão expondo a própria alma ao inferno.
E se o “amanhã” não existir?
E se a sua vida terminar no momento em que você estiver com as pessoas na rua aproveitando “os valores da carne”? Qual será o destino da sua alma? Será que você será salvo pelo Senhor Jesus?
Veja abaixo um vídeo em que o bispo Clodomir Santos alerta sobre isso:

Portanto, cuidado com o caminho que você escolhe para a sua vida: “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar.” 1 Pedro 5.8
Durante o período do Carnaval, participe das reuniões na Universal. Não dê oportunidade para que os espíritos malignos lhe “devorem”. Busque a presença de Deus. Veja o endereço mais próximo e convide os seus familiares e amigos para participarem com você.
Via: www.universal.org

O poder de encorajar o seu cônjuge

O incentivo deve ser uma parte regularmente praticada de um casamento saudável - palavra-chave:  praticada  .  O bom incentivo é julgad...