domingo, 5 de junho de 2016

Sentei num canto qualquer daquele quarto. No chão frio. E chorei, chorei mesmo. Porque doía, e não aguentava mais ficar calada. Eu tinha que me esvaziar. Ser forte e guardar tudo, não adianta, uma hora vai transbordar. E foi isso que aconteceu. Mas, eu não estava sozinha, Deus estava ali, bem do lado. Ele sempre estava. Nunca me deixou. Então, Ele me pegou no colo, e cuidou de mim. Curou a dor. Enxugou ás lagrimas. E até me fez sorrir.

O poder de encorajar o seu cônjuge

O incentivo deve ser uma parte regularmente praticada de um casamento saudável - palavra-chave:  praticada  .  O bom incentivo é julgad...