segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

3 chaves de ouro para se lembrar quando seu desígnio for angustiantemente difícil


1. Quando você duvidar de sua instrução, não faça o mesmo em relação ao seu instrutor. Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento (Provérbios 3.5). 

2. Lembre-se: não é o magnetismo daqueles aos quais você foi designado, mas o irrefutável, inegável e ardente chamado de Deus em seu coração que o direciona ao seu desígnio. Isso ardia no interior de Jeremias. Então, disse eu: Não me lembrarei dele e não falarei mais no seu nome; mas isso foi no meu coração como fogo ardente, encerrado nos meus ossos; e estou fatigado de sofrer e não posso Qeremias 20.9). 

3. Lembre-se sempre de que nada é tão ruim quanto parece a princípio. Por trás da crucificação, está uma ressurreição. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos (Salmo 126.5,6). Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida; o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã (Salmo 30.5). Por trás da cova dos leões, há uma promoção. Por trás das lágrimas, existe o riso. Lembre-se: seu desígnio pode, a princípio, parecer indesejável e até repulsivo. 

-Dr. Mike Murdock - Livro- O Designio

Billy Graham: “Um bom casamento envolve a esposa, o marido e Deus”

Um bom casamento não é algo que simplesmente acontece. Ele precisa de cuidados constantes. Você já teve um jardim? Se sim, você sabe q...