quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

ESTUDO: SEU DESÍGNIO IRÁ LEVÁ-LO AONDE VOCÊ É CELEBRADO, EM VEZ DE TOLERADO


Alguém, em algum lugar, em algum tempo, irá celebrá-lo. Jesus disse aos Seus discípulos:
E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno e hospedai-vos aí até que vos retireis. E, quando entrardes nalguma casa, saudai-a; e, se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, tome para vós a vossa paz. E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés. Mateus 10.11-14

A intimidade deve ser ganha. Jesus recebia diferentes demonstrações de amor. João, o amado, deitava a cabeça em Seu ombro. Pedro, Tiago e João eram Seus três principais confidentes. Os 12 discípulos viajavam com Ele. Além disso, havia os outros ajudadores de Seu ministério e as multidões. 

O desejo determinava o acesso que Jesus dava aos outros. Se você for um ministro em tempo integral, atente para o que vou dizer: havia um tempo em meu primeiro ministério que eu me ressentia muito de rejeição. Quando certas pessoas não me aceitavam, eu realmente sentia que algo estava errado comigo. 

Muitas vezes sentei em meu pequeno quarto de beira de estrada relembrando o culto e perguntei-me: "Falei algo que não condizia com a teologia deles? Falei algo da maneira errada? Preguei por muito tempo? Falhei em abordar poucas parábolas? Será que eles não gostaram do meu louvor?" 

Não existe fim para as dúvidas que o inimigo coloca em sua mente sobre a sua vida e o seu desígnio. E bom avaliar seus esforços, analisar sua produtividade e esforçar-se para viver no mais alto nível espiritual. Mas, quando você estuda a vida de Jesus, não o vê sedento pela aprovação dos fariseus. Ele não se moveu para atrair hipócritas. 

Ao contrário, gastou tempo com o cobrador de impostos que o reconheceu como Senhor e celebrou a presença do Mestre. Isso pode soar forte, mas, se você não se enxergar como uma recompensa para os outros, pode tornar-se um mendigo aos pés de gente hipócrita e esnobe. Não faça isso. 

Jesus disse aos discípulos para avaliarem a casa a ser visitada. Examine as pessoas com quem você estará. Pergunte a si mesmo: "Essas pessoas valem os dons que Deus me concedeu? Elas são capazes de celebrar-me como um tesouro?" Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas; para que não as pisem e, voltando-se, vos despedacem (Mateus 7.6). 

Qualifique o solo ao seu redor antes de plantar a semente de sua vida. Lembre-se: seu desígnio irá levá-lo aonde você é celebrado, em vez de tolerado.


-Dr. Mike Murdock- Lidro "O Designio"

Não tenha pensamentos de Vítima

Qualquer animal ferido atrai ataque. A fraqueza é um convite para valentões. Portanto, não fale nem pense como uma vítima das circ...