quarta-feira, 19 de abril de 2017

O QUE VOCÊ AMA É UM SINAL DOS SEUS DONS, DAS SUAS HABILIDADES E DA SUA SABEDORIA


Amor dá luz à sabedoria. Deixe-me explicar. Quando você tem amor por crianças, começa a desenvolver uma sabedoria especial para lidar com elas. Você começa a entender seus medos, suas lágrimas e seus desejos. Quando você ama os animais, desenvolve uma intuição, uma sabedoria específica em relação ao comportamento deles. 

Você pode sentir o que eles estão sentindo. Quando precisa de sabedoria em seu casamento, o amor por seu marido precisa vir primeiro. Sabedoria é o produto do amor. Do amor nasce a persistência. Quando você ama alguma coisa, reveste-se de determinação e persistência de forma extraordinária. Recentemente, li uma história poderosa sobre um corredor. Em sua juventude, ele teve uma doença terrível. 

Os médicos insistiram que ele nunca mais poderia andar. Mas ele possuía algo maravilhoso: o amor pela corrida. Esse amor gerou determinação. Ele terminou por ganhar a medalha de ouro nas Olimpíadas. O amor é mais forte que a doença, que o desânimo, que a pobreza. 

Então, descubra o que você ama verdadeiramente e organize a sua agenda diária com base nisso. Você possui certas qualidades, certos dons que o tornam único, diferente da multidão. Quais são? Discuti isso com a minha equipe recentemente. Se todo ser humano recebesse dez dólares por hora para trabalhar, independente do tipo de serviço, o que você faria? Por exemplo, se você escolhesse ser faxineiro de um prédio, receberia dez dólares por hora. Se decidisse ser um cirurgião cardíaco, receberia apenas dez dólares por hora. 

O que você amaria fazer se dinheiro não fosse mais um fator? Esse é o seu desígnio. Moisés amava pessoas. Quando ele viu um egípcio espancando um israelita, agiu rapidamente. Em nome de sua paixão por justiça, ele matou o egípcio. Isso foi algo ruim. Atrasou o seu desígnio. Mas o amor por seu povo era uma dica da sua missão como um libertador e provedor. Ele era atencioso às súplicas. Moisés se importava. 

A sua compaixão era profunda. Exatamente porque amava tanto seu povo, estava apto a liderá-lo. Eles o seguiram. Mesmo reclamando e rebelando-se, eles tinham achado seu líder. Abraão amava a paz. Ele desprezava o conflito. Então, quando Deus decidiu destruir Sodoma e Gomorra, Abraão tornou-se um intercessor para Ló, seu sobrinho, que morava em Sodoma. O amor de Abraão por paz e justiça foi recompensado por Deus. Embora Sodoma e Gomorra tenham sido destruídas, Ló e suas filhas foram salvos.

 Isso aconteceu porque o pai da fé possuía algo precioso: o amor pela paz, que deu origem à sabedoria necessária para alcançar isso. Recentemente, um amigo próximo veio ao nosso ministério e concedeu-nos um ensinamento especial. Ele traçou um perfil de nossa personalidade e ajudou-nos a descobrir os maiores dons dentro de nós. Mostrou como examinar a vida dos personagens bíblicos e como identificarmo-nos com eles. Essa é uma das coisas mais importantes a fazer. Você precisa encontrar aquilo com que se importa e desenvolver sua vida em torno disso. 

E sábio corrigir as próprias falhas, mas é ainda mais sábio reconhecer e aceitar o seu chamado, permitir que o verdadeiro eu se torne mais forte. Frequentemente escuto pessoas insistindo em dizer a alguém tímido: "Você precisa falar mais!" Então, pouco depois, a mesma pessoa diz-lhe: "Fique quieto! Sente e escute!" Nós falamos aos mais jovens "seja mais sério em sua vida", e aos mais velhos, "você precisa ser menos sério e mais relaxado!" Não se distancie da essência com que Deus o fez. 

Entenda a importância da sua unicidade. Reconheça os seus dons. Identifique seu chamado. Construa a sua agenda pautada nele. Seja o que for que você tenha sido designado para fazer é aquilo que deveria estar fazendo. Lembre-se: o que você ama é um sinal dos seus dons.

Dr. Mike Murdock.

O poder de encorajar o seu cônjuge

O incentivo deve ser uma parte regularmente praticada de um casamento saudável - palavra-chave:  praticada  .  O bom incentivo é julgad...