quarta-feira, 28 de junho de 2017

O que me impede de ter o Espírito Santo?


Quantas foram às vezes que você se fez essa pergunta? Você me diz: “Poxa! Eu faço tudo certo! Não peco! Vigio! Vou à igreja! Sou dizimista! Faço meus votos com Deus! Não me envolvo com as coisas desse mundo! Eu não sei o que acontece comigo! Não é possível! Tem gente que chegou depois de mim na igreja e já recebeu o Espírito Santo! Já tiveram sua experiência com Deus! E eu? O que há de errado comigo?”

Vamos lá, não posso lhe dizer o que há de errado com você, pelo simples fato de eu não ser você. Mas o que posso lhe dizer é que duas coisas, que aparentemente são tão pequenas e insignificantes, as pessoas tendem a não dar tanto valor, e são brechas que fazem com que elas não recebam o Espírito de Deus. O segredo da leitura do post de hoje é a sinceridade! E essa sinceridade é com você mesma! Você não precisa se enganar! Só estamos você, eu e Deus. Preparada? Analise-se!


1. Mágoa

A mágoa é o tipo de pecado que não parece tão errado! Você pensa: “Ah, Quel! Não é que eu tenha uma mágoa daquela pessoa! Só não gosto muito dela! Também! Olha só o que ela me fez! Parece que ninguém me entende! Eu é que tenho que perdoar? Mas eu não fiz nada!! Quem me fez mal foi Fulana! Ela que deve vir a mim e pedir perdão! É o cúmulo da humilhação eu ir lá e pedir perdão, né? Aff… Sem comentários!! Era só o que me faltava!” Pois é! É por esse e por pensamentos semelhantes a esse que talvez você não tenha tido ainda a sua experiência com Deus!

Você, por muito tempo, tentou se convencer que o que você sente não é mágoa! Mas será? Pense nessa pessoa! O que você sente? Sua vontade é de chorar quando fala dela? Você sente raiva ou ódio dessa pessoa? Quer que “a vida” lhe faça tudo o que um dia ela fez contra você? Faz questão que essa pessoa colha tudo aquilo de ruim que ela plantou na vida? Qual tipo de sentimento vem à você? Dependendo de quais forem, há a possibilidade de você ter uma mágoa dentro de você, e se ela está aí, você tem o poder de arranca-lá agora! 😉  

2. Dúvida

Preste atenção nesses três versículos: 

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” João 8.36

“Qualquer coisa que Me pedirdes em Meu Nome, vo-lo farei.” João 14.14

“E Eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre.” João 14.16

Vejo duas situações: 

A primeira, diz respeito àquelas pessoas que estão na igreja e não crêem na sua libertação! Elas fazem suas correntes e passam muito tempo buscando se libertar! Elas falam: “Mas, Quel! Não faço nada de errado!! Não entendo do “por que” ainda não sou liberta! Não peco, abdiquei de todas as coisas do mundo e até agora nada! Pelo contrário! Parece que as coisas estão piorando! Meus pensamentos são bombardeados!! Minha vida está um caos! Como buscar o Espírito Santo se não sou nem liberta ainda?”


Se realmente você não tem feito nada de errado, e ainda não alcançou a sua libertação, é muito provável que você tem ouvido as mentiras que o diabo tem colocado na sua mente… Pensamentos de dúvida, pensamentos de desconfiança no poder da fé, pensamentos que não agradam a Deus, insegurança se realmente está liberta. O que você deve fazer? Parar de ouvir o diabo e entender que o seu corpo é templo do Espírito Santo! Quando você é liberta em nome de Jesus você deve sempre se lembrar dessa palavra, que lemos a cima: “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” João 8.36


Se verdadeiramente sereis livres, então porque você ainda aceita essa situação? Revolte-se!! Tome as rédeas da sua vida e entregue-as para o Senhor Jesus! Decida acreditar nessa palavra, decida!! 

A segunda situação é quando as pessoas não entendem que o recebimento do Espírito Santo, é uma promessa! Se você soubesse que receber o Espírito de Deus é uma garantia para você, talvez você entendesse também que pode tomar posse dessa promessa a qualquer momento! Amiga, se você tivesse uma herança de milhões para você! O que você faria? Certamente iria correr atrás da papelada para ter cada centavo que lhe seria de herança, ou não? Por que as coisas seriam diferentes no mundo espiritual? Não são!! Vá atrás dessa promessa! Tome posse do que lhe é de herança!!!

Não faça desse jejum de Daniel mais um jejum de Daniel!! Não!! Mil vezes não!!! Esse tem que ser diferente!! Se não pela sua fé, então pela minha!! Poxa, até quando você ficará órfã de pai? Até quando você não tomará posse do que lhe foi prometido? Está escrito amiga!! O Espírito de Deus é uma promessa! Tome a decisão de perdoar! De olhar para frente! Decida perdoar! Decida olhar para Jesus e pare de olhar para o passado ou para qualquer situação que seja! Olhe para o alto!

via- Raquel Delatorre


Conversa De Aniversario

    Faltando 23 dias para meu Aniversario... estava aqui meditando  ... Todo nascimento é uma celebração.. fomos feito com perfeição...