quinta-feira, 20 de julho de 2017

O QUE O DEIXA MAIS INDIGNADO PROVAVELMENTE É UM SINAL DO DESÍGNIO DE DEUS PARA VOCÊ


A indignação é uma dica do seu desígnio. Quando Moisés viu um egípcio batendo em um israelita, ficou indignado, revoltado. Aquela indignação era uma dica, um sinal do propósito do Senhor para a vida dele. A situação que o enfureceu era a que Deus ordenaria que ele mudasse, corrigisse. A indignação é o berço da mudança.

 As situações só mudam quando nasce a indignação. Você não resolverá um problema, consciente ou inconscientemente, até que sinta uma indignação que vem de Deus, um inconformismo em relação ao que está errado aos olhos do Pai. Você não mudará uma situação até que ela se torne intolerável. Por muitos anos, no sul dos Estados Unidos, os descendentes de africanos foram forçados por lei a sentar-se na parte de trás do ônibus. 

Ainda poderiam estar fazendo isso hoje, não fosse uma mulher corajosa chamada Rosa Parks. Essa senhora negra, trabalhadora, sentou-se em um ônibus em Montgomery, Alabama. Quando o ônibus encheu, ela se recusou a levantar para um homem branco tomar o seu assento. Isso foi o catalisador para uma mudança dramática, apropriada e muito necessária para os Estados Unidos. 

Esse tipo de coragem merece honra e respeito. O que você conseguir tolerar não poderá mudar. O que você se recusar a aceitar, o que o tornar louco o bastante para tomar uma atitude radical, será uma dica do seu desígnio. A instituição MADD (Mães Contra Motoristas Bêbados) foi criada por uma mãe que viu seu filho ser assassinado na rua por um motorista bêbado. Sua revolta gerou uma resposta. Você precisa ficar indignado com o presente, antes que o futuro pare para escutá-lo. Se você se adaptar ao presente, nunca entrará no futuro. Somente aqueles que não podem tolerar o presente estão qualificados para viver o futuro. 

Isso aconteceu comigo. Quando era um adolescente, senti uma grande atração pelo tribunal de justiça. Queria ser advogado. Sentava por horas naqueles pequenos tribunais em minha cidade natal, Lake Charles, em Louisiana. Tomava notas para casos que apareciam. Tenho raiva da injustiça. Posso ficar bravo agora mesmo enquanto escrevo este capítulo, só de pensar em pessoas que não foram representadas apropriadamente. Li alguns livros sobre leis e ainda continuo lendo. 

Ter presenciado esses processos e observado as manipulações que ocorriam na corte ainda me enfurece. Acredito que essa indignação é uma dica de qual é meu desígnio. A ignorância irrita-me. Quando falo com pessoas mal informadas, alguma coisa ferve em mim. O desejo de ensinar é imenso. Falo em seminários por todo o mundo. Em algumas ocasiões, quase perco meu voo, porque fico tão obcecado em ensinar que sair do seminário torna-se extremamente difícil. Empregados improdutivos são uma fonte de grande irritação em mim. Acredito que isso seja um sinal do propósito de Deus para minha vida. 

É importante que eu contribua para que as pessoas alcancem seus objetivos por meio das chaves de sabedoria e dos livros que escrevo. Observe os ministros que ensinam sobre prosperidade. Eles ficam indignados com a pobreza, com a escassez. Ver famílias machucadas, destruídas e devastadas por causa da miséria deixa-os profundamente tristes. Suas mensagens são cheias de vigor e soam quase bravas! Por quê? Destruir a pobreza é um chamado dentro deles. Já ouviu pregadores com unção para libertação? 

Eles se tornam autoritários contra espíritos demoníacos, principalmente os que se apossam de membros familiares.
Ouça os evangelistas. Consegue compreender a paixão deles? São movidos pela compaixão e pelo desejo de ver os ainda não salvos e não compromissados rendendo-se a Cristo. A indignação revela uma unção. E acontecerá, naquele dia, que a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo, do teu pescoço; e o jugo será despedaçado por causa da unção (Isaías 10.27). 

A unção é o que remove o fardo, é o poder de Deus que destrói as barreiras em sua vida. Então, fique atento a qualquer coisa que o deixe indignado. Algo dentro de você cresce intensamente contra isso. Por quê? Sua indignação qualifica-o para ser um inimigo desse problema. Deus está preparando você para resolvê-lo. A indignação é enérgica, é poderosa. Ela atua diretamente contra o inferno e pode dominar uma situação. Quando desfocada, pode destruir e minar. Quando direcionada apropriadamente, gera mudanças maravilhosas. A indignação requer simplesmente foco. Desenvolva isso. 

Você precisa vê-la como uma instrução de Deus para que permaneça em seu lugar reservado de oração, a fim de encontrar a solução do problema, obter as armas que destroem o inimigo, e desenvolver um planejamento diário elaborado pelo Espírito Santo. Pessoas indignadas, inconformadas com as injustiças, podem mudar dramaticamente sua geração. Lembre-se: o que o deixa mais indignado provavelmente é um sinal do desígnio de Deus para você.

-Dr. Mike Murdock- Livro: O Designio

Billy Graham: “Um bom casamento envolve a esposa, o marido e Deus”

Um bom casamento não é algo que simplesmente acontece. Ele precisa de cuidados constantes. Você já teve um jardim? Se sim, você sabe q...